Colapso do sistema penitenciário: tragédias anunciadas

Colapso do sistema penitenciário: tragédias anunciadas

Levantamento realizado pelo Instituto Avante Brasil, com dados disponibilizados pelo InfoPen, mostra que o crescimento da população carcerária nos últimos 23 anos (1990-2013) chegou a 507% (de 90 mil presos passamos para 574.027). A população brasileira (nos anos indicados) cresceu 36%. Apesar de tantas prisões, nenhum crime diminuiu nesse longo período no Brasil (o que […]

Brasil: terceiro que mais prende no mundo

Brasil: terceiro que mais prende no mundo

Editorial do Instituto Avante Brasil  Cada país é livre para adotar seu modelo de política criminal. Alguns andam pelo caminho correto e estão com 1 assassinato para cada 100 mil pessoas (Suécia, Holanda, Nova Zelândia, Coreia do Sul etc.). Contam com 98 presos para cada 100 mil pessoas. Os dois primeiros, aliás, estão fechando presídios, […]

Brasil: reincidência de até 70%

Brasil: reincidência de até 70%

  LUIZ FLÁVIO GOMES, jurista e diretor-presidente do Instituto Avante Brasil. Estou no professorLFG.com.br Violência epidêmica e política equivocada O Brasil é o 16º país mais violento do planeta (veja levantamento do Instituto Avante Brasil). A violência epidêmica (conforme a OMS) está gerando desespero nacional. Das autoridades são cobradas reações. O que tem sido feito? […]

Levantamento do Sistema Penitenciário Brasileiro em 2012

Levantamento do Sistema Penitenciário Brasileiro em 2012

O Brasil é o quarto país do mundo em população carcerária. Está atrás de EUA, Rússia e China. Ou seja: prende bastante. Mas prende muito erradamente. Cadeia deveria ser para gente violenta, que oferece concreto perigo para a convivência em sociedade. Entre o que deveria ser e o que é há uma grande distância. Um […]

Quem deveria ir para a prisão?

Quem deveria ir para a prisão?

Por mais paradoxal que possa parecer, quanto mais fracassa a prisão nas suas finalidades humanistas e ressocializadoras, ou seja, quanto mais se converte em jaula onde se recolhem animais pouco domesticados, mais prestígio ela ganha junto à população, hoje afinada com a criminologia populista-midiática-vingativa.

Brasil, Holanda e Estados Unidos: panorama dos sistemas penitenciários

Brasil, Holanda e Estados Unidos: panorama dos sistemas penitenciários

Em 2012 o Ministério da Justiça holandês divulgou que estava fechando oito prisões e demitindo mais de 1200 funcionários. O motivo foi a queda no número de presos, que vinha ocorrendo nos últimos anos, deixando muitas celas vazias. Já países como Brasil e Estados Unidos se mostram como os maiores encarceradores, atingindo médias altíssimas de encarceramento e de números de presídios.

Noruega como modelo de reabilitação de criminosos

Noruega como modelo de reabilitação de criminosos

Considerada pela ONU, em 2012, o melhor país para se viver (1º no ranking do IDH) e de acordo com levantamento feito pelo Instituto Avante Brasil, o 8º país com a menor taxa de homicídios no mundo, lá o sistema carcerário chega a reabilitar 80% dos criminosos, ou seja, apenas 2 em cada 10 presos voltam a cometer crimes; é uma das menores taxas de reincidência do mundo.

iAB no jornal O Tempo – MG

iAB no jornal O Tempo – MG

Pesquisa do Instituto Avante Brasil aponta que apenas 18% dos presos de Minas Gerais trabalham nas unidades prisionais. A média nacional é de 17%, e Santa Catarina é o Estado com o maior percentual de presidiários em atividade laboral – 39%.