Leia mais Artigos
  • Democracias corruptas: como os endinheirados “compram” os parlamentares 26 de novembro de 2014

    01. NUNCA ANTES NESTE PAÍS se tornou tão evidente o poder corruptivo do dinheiro como elemento destrutivo e esmagador da democracia. Todas as democracias do mundo sofrem com a corrupção (alguns menos, outros mais). Mas em países como o Brasil, no entanto, o dinheiro e seu poder estão desvirtuando completamente a vontade do povo. O […]

  • Petrobras: Delação ou extorsão premiada? (erro evitável) 25 de novembro de 2014

    01. NUNCA ANTES NESTE PAÍS se tornou tão evidente o ominoso e deplorável crime organizado estabelecido por uma troyka maligna composta (1) de governantes, partidos, políticos e outros agentes públicos + (2) agentes econômicos + (3) agentes financeiros. Os envolvidos numa organização criminosa deste tipo se unem em parceria público/privada para a pilhagem do patrimônio […]

  • Petrobras: os primeiros políticos implicados seriam… 24 de novembro de 2014

    01. NUNCA ANTES NESTE PAÍS tantos políticos foram implicados num único escândalo: Humberto Costa (senador, PT-PE: teria recebido R$ 1 milhão), Sérgio Guerra (senador, PSDB-PE: R$ 10 milhões), José Jatene (deputado, PP-PR: de 1% a 3% dos contratos superfaturados), Renan Calheiros (senador, PMDB-AL: R$ 400 mil), Gleisi Hoffmann (senadora, PT-PR: R$ 1 milhão) e Eduardo […]

  • Segurança pública e violência: R$ 256 bilhões anuais (no lixo ?) 21 de novembro de 2014

    01. A segurança pública e a violência custam ao Brasil R$ 256 bilhões por ano (5,4% do PIB) (levantamento do 8º Anuário Brasileiro do Fórum de Segurança Pública). A perda do capital humano (57 mil mortes anuais) significa R$ 114 bilhões. O custo governamental na área é de 1,26% do PIB (um dos mais altos […]

  • Percepção da sociedade sobre violência e assassinatos de mulheres 21 de novembro de 2014

    Alice Bianchini Doutora em Direito penal pela PUC/SP. Mestre em Direito pela UFSC. Coeditora do portal www.atualidadesdodireito.com.br. Membra da Comissão Especial da Mulher Advogada da OAB/Federal. Diretora executiva do Instituto Avante Brasil – iAB. Uma pesquisa realizada pelo Instituto Patricia Galvão e Datafolha sobre a percepção da sociedade sobre a violência contra a mulher, realizada […]

  • Por que os empreiteiros refutaram a delação premiada? 20 de novembro de 2014

    01. Para o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, os representantes das empreiteiras teriam cometido vários crimes: fraude em licitação, lavagem de dinheiro, crime contra o mercado e corrupção ativa. O papel exercido por elas no escândalo da Petrobras não teria sido inexpressivo. Não faz sentido (ele disse) que tivessem as empreiteiras sido extorquidas e, ao […]

  • Distribuição das realizações entre mulheres e homens: uma análise do Índice de Desigualdade de Gênero – IDG 19 de novembro de 2014

    Alice Bianchini Doutora em Direito penal pela PUC/SP. Mestre em Direito pela UFSC. Coeditora do portal www.atualidadesdodireito.com.br. Membra da Comissão Especial da Mulher Advogada da OAB/Federal. Diretora executiva do Instituto Avante Brasil – iAB.  O PNUD – Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento – apontou mais uma vez a inexistência de uma única nação […]

  • CPI Petrobras: partidos dizem que agora vão ao fundo do poço 19 de novembro de 2014

    01. O tranquilo ambiente político na CPI da Petrobras, que chegou a produzir (no dia 5/11/14) o famoso “acordão” entre o PT e o PSDB, para não convocar nenhum dos seus protegidos, foi para o espaço. Depois que a Comissão aprovou, por 12 votos contra 11, a quebra dos sigilos bancário, fiscal e telefônico do […]

  • Petrobras: fim do mundo ou nascimento de uma nova era? 18 de novembro de 2014

    01. Qual o significado da descoberta e eventual punição dos crimes envolvendo a Petrobras? A descoberta detalhada da corrupção institucionalizada na Petrobras (que vem sendo facilitada pelas delações premiadas) significa o fim do mundo ou o nascimento de uma nova era? Um copo com água pela metade está “meio-cheio” ou “meio-vazio”? Cada um tem liberdade […]

  • Petrobras: império da lei subjuga o braço empresarial da corrupção 17 de novembro de 2014

    01. No Estado democrático de Direito ninguém pode estar acima da lei. Todos nós somos regidos per leges e sub lege. Nem sequer o poder econômico deve estar fora ou além da lei penal. O que revelam escândalos escabrosos como o da Petrobras? Eles escancaram, particularmente em democracias altamente corruptas como a nossa (72º lugar […]


veja mais…